sexta-feira, 21 de março de 2014

ESPASMOS

SEM ILUSÕES PRA FUGAS TENTO PENSAR COERENTEMENTE. MAS A MENTE MELINDROSA REMETE-ME CONSTANTEMENTE A SONHOS MIRABOLANTES ACORDANDO RECENTEMENTE RECORDANDO SONOLENTAMENTE DE SONHOS REAIS DA ALMA REAL E O QUE ACONTECE REALMENTE É QUE ENTRE O REAL E O INCERTO A LINHA FINA E TENUE SEPARA-NOS INSANAMENTE ENTRE O REAL E A MENTE QUE MENTE COLOCANDO-NOS A MÁSCARA DA INCERTEZA NA LOUCURA DA VIDA BELA NESTE MUNDO PARALÉLO QUE ME CRIEI NESTA VIDA ENTRE O CERTO E O ERRADO NO DIA QUE AS MÁSCARAS CAIREM E ME MOSTRAR LIMPO, INTEIRO DESPIDO DE CONCEITOS E ÉTICAS SENDO SIMPLESMENTE EU NUA, CRUA, DESPOJADA DE TUDO DESPOJADA DO DEUS QUE CRIARAM PARA EU CRER NO SER ETERNO ESQUEÇO DO PRESENTE QUE É DÁDIVA DO EU NATUREZA VIVENDO ETERNAMENTE NO JÁ... AGARRANDO-ME AS IDÉIAS DE ETERNO SER.

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Feliz por sair inteira-XXIV-I-MMXIV.

"A nuvem negra passou e só respingou, agora um arco iris gigante abrilhanta o lindo céu. Um prenuncio de vida nova se descortina e sigamos na construção, mesmo que vez por outra, outras nuvens negras se aproximarem. Estaremos porem mais maduros dos aprendizados deixados e melhor preparados para melhores embates. E queira Deus que nunca venham grandes tempestades, apenas chuvas esparsas e que lavem os quintais do destino da vida. E que as plantas agora regadas da sabedoria maior, brotem lindas flores perfumadas, exalando assim o mais puro amor emitindo sentimentos de paz profunda. Paz esta que contaminará toda Alma de amor incondicional, transformando assim, toda chuva negra em clara garoa a regar o lindo jardim da vida. Brotando coloridas flores cheirosas na fragrância suave do Amor. que é o que mais quero e desejo a todos os seres do mundo."

sábado, 18 de janeiro de 2014

Talvez eu seja um pouquinho assim.

Tem pessoas que merecem a gente e não percebem. Pra elas continuamos com a pagina do livro aberta e nos expomos. Outras, que não nos merecem, continuamos mostrando nossa história. E nem percebemos que é exposição inútil, nos ignoram. Temos o poder de tentar mudar as coisas. No primeiro caso, feche o livro momentaneamente e espere. Provavelmente ela sentirá a indiferença (espelho) e pedirá atenção. Já no segundo caso, feche o livro e não conte mais nada. Pois de tão ignorantes que são, talvez nem percebam a nossa retirada. E se um dia perceberem, verão que poderiam ter tido tudo. Gente assim, merecem de nós um nada. Ou talvez uma doce Gargalhada., risada. Melhor, um sorriso discreto, pois elas não devem perceber. Que já não damos importância.

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Antes que se acabe-VII-I-MMXIV.

Antes que a poesia se acabe acabo eu desiludida e ela que ilude voa infinita mente quem acredita seu fim sim creio que palavras jogadas ao vento propagam em ondas infinitamente sonoras senhoras em negros vestidos longos viúvas de um cristo fixo lamentam chorosas os filhos que secaram em seus ventres seus entes nunca tidos por falsas gravidez e os bicos úmidos de um leite a empedrar escorrem brancos no negrume das vestes e pingam nas mãos presas ao terço em mântrica oração desprendida de palavras repetitivas que ecoam ao vento lento caminhar da casa ao templo num tempo sem ilusões ou crenças absurdas de um novo rebento a mamar-lhe avidamente ou um velho louco na praça a declamar poesia do fim dos tempos de mulheres enlutadas com lágrimas secas e vozes embargadas no funesto ritual de um provável fim que recomeça antes que se acabe em novo verso, nova prosa, poesia em mim.

Minha nova tatoo rs